Opa, Tudo bom!

Eu sou James William!
E aqui eu compartilho um pouco da minha experiência em Facebook/Instagram ADS e Mídias Sociais
Siga-me


Ter uma conta bloqueada no Facebook é absolutamente algo muito incômodo. Principalmente se você utiliza a rede de forma profissional para realizar a gestão de anúncios.

São vários tipos de bloqueios possíveis que podem te impedir de diversas coisas. Por exemplo, você pode ter uma Conta de anúncios bloqueada e impedida de fazer anúncios, ou um Gerenciador de Negócios inteiro com acesso restrito a publicidade. Há também o bloqueio no Perfil, impedindo que você acesse qualquer produto do Facebook.

E por isto, neste artigo eu vou relacionar para você os principais links onde você pode conseguir ajuda no Facebook, contatando o suporte da rede, e tentando resolver seu problema de bloqueio, seja ele qual for.

Mas antes, é importante você conhecer as REGRAS da rede, e respeitá-las para, acima de qualquer coisa, EVITAR possíveis bloqueios. Confira nos dois próximos links, alguns padrões e políticas que devem ser respeitadas ao usar o Facebook, ou suas ferramentas de publicidade:

PADRÕES DA COMUNIDADE:

POLÍTICAS DE PUBLICIDADE:

Recomendo fortemente que você salve estes dois links nos seus favoritos, e consulte-os com frequência, pois os padrões e políticas podem ser revisados e alterados (e sempre são).

Na sequencia seguem os links para solicitação de ajuda ao suporte do Facebook. É importante saber alguns pontos:
  1. Você deve solicitar ajuda através dos links corretos para cada situação;
  2. Sempre utilizar COMPUTADOR, de preferência navegador Google Chrome;
  3. E-mails profissionais (seudomínio.com) tem preferência nos atendimentos;
  4. Seja cordial, educado e reúna o máximo de informações possíveis sobre o caso;
  5. Nem todos os links estão disponíveis para todas as contas, se você tentou um e não funcionou, tente outro (é por isto que listei mais de uma opção na maioria dos casos).

AJUDA PARA CONTA [PERFIL] DESATIVADA

CENTRAL DE AJUDA PARA EMPRESAS (FACEBOOK BUSINESS)

SOLICITAR REVISÃO DE CONTA DE ANÚNCIOS RESTRITA

SUPORTE VIA CHAT (não funciona para todo mundo. Atendimento de Segunda a Sexta das 9h as 17h)


Na maioria dos links você vai encontrar em algum lugar da página um botão em forma de envelope, que é onde você deve clicar para abrir o formulário de contato para enviar a solicitação, como nas imagens abaixo:




Após a solicitação enviada o restante do atendimento se dará por Email, através do endereço que você informou no formulário.

Enfim, estes são os principais canais de contato com o suporte do Facebook em atividade atualmente. Espero que te ajude de alguma forma ;)

Ah, e tem mais estes dois vídeos meus no Youtube com detalhes importantes, caso você tenha uma conta de anúncios Bloqueada:





Um grande abraço e até a próxima!

Tá sofrendo com Anúncio Reprovado no Facebook ADS? Não recebe a notificação do motivo da reprovação e não sabe como corrigir o anúncio? Não se preocupe, vou te ajudar neste artigo.

Em primeiro lugar, você precisa entender é Qual é o posicionamento do Facebook em relação aos Anúncios e Usuários da rede. Nas próprias palavras do Facebook:

Estimamos que cerca de 2,2 bilhões de pessoas em todo o mundo usam o Facebook, o Instagram, o WhatsApp ou o Messenger, em média, todos os dias, e queremos que todas elas se sintam seguras enquanto usam nossa plataforma.

Isto significa que, para o Facebook, os usuários estão em PRIMEIRO LUGAR. E isto faz todo sentido, pois eles são o seu principal ativo. O Facebook só é uma ferramenta tão incrível, e com possibilidades de gerar resultados mais incríveis ainda com publicidade justamente por conta da quantidade de usuários que tem. Pensa nisso: Qual o sentido de anunciar em um lugar onde não tem público?

Então o Facebook está ABSOLUTAMENTE certo em dar prioridade total à experiência dos seus usuários. Então, se seus anúncios não forem BONS para os usuários, e se o Facebook julgar que eles não estão aptos e seguros para sua audiência, poderão ser reprovados.

Entenda o Seguinte...

Alguns Negócios simplesmente não tem o perfil de anunciante desejado pelo Facebook

O Facebook é o DONO DA BOLA! Se você quer anunciar na rede dele, e usar a audiência que ele conquistou ao longo de todos estes anos, vai ter de respeitar as regras dele. É simples assim.

E quais são as regras do Jogo? As políticas de publicidade do Facebook. Que você pode acessar CLICANDO AQUI.

Inclusive eu recomendo que você adicione este link nos favoritos do seu navegador, e consulte com frequência, pois as políticas são atualizadas constantemente.

Meu grande amigo e profissional experiente em Facebook ADS, Ricardo Celso, cita um exemplo bem interessante sobre as políticas de publicidade:

Anunciar no Facebook sem ler as políticas de publicidade antes, é como tentar tirar CNH sem conhecer as leis de trânsito!

Como é que você espera que vai conseguir dominar o Tráfego Digital se não conhece as leis destas rodovias?

Descubra se o seu negócio tem o perfil para anunciar no Facebook, passando pelo filtro das 7 perguntas:

Estas perguntas vão te ajudar a entender se você vai poder anunciar no Facebook, ou se vai ter algum tipo de problema na aprovação dos seus anúncios. Se você responder SIM para alguma destas perguntas, com certeza terá dificuldades.

1. Promoverá conteúdo Adulto?

Isso inclui, mas não está limitado a pornografia, publicações sexuais, brinquedos sexuais, casas de strip, clubes voltados para o público masculino, medicamentos para melhorar o desempenho sexual e nudez.

2. Promoverá, facilitará ou incentivará a venda ou consumo de drogas?

Isso inclui, entre outros, drogas ilegais e recreativas (como maconha), acessórios para uso de drogas, ou atividades ou serviços ilegais.

3. Promoverá qualquer tipo de apostas online?

Anúncios que promovam ou facilitem jogos de azar online, jogos de habilidade ou loterias com dinheiro real, incluindo cassinos online, apostas sobre partidas esportivas, bingo ou pôquer, provavelmente não serão permitidos.

4. Promoverá a venda de Armamentos, Munições ou qualquer tipo de explosivos?

Isso inclui, entre outros, armas, facas, adagas, fogos de artifício e qualquer item que possa causar ferimentos a outro ser humano. Facas culinárias são uma exceção.

5. Sua empresa é uma Farmácia Online?

Embora os anúncios possam promover localizações físicas de farmácias, eles não podem promover de produtos farmacêuticos controlados. Os anúncios não podem promover vendas ou entregas de nenhum tipo de medicamento. Não é permitido promover produtos ou medicamentos vendidos com receita médica ou produtos que contenham esteroides anabolizantes, quitosana, confrei, dehidroepiandrosterona, efedrina, hormônios de crescimento humano, melatonina e qualquer produto adicional considerado inseguro ou duvidoso de acordo com os critérios do Facebook.

Agora preste atenção, não é por que o seu produto é um suplemento legalizado em seu país (no nosso caso Brasil) que isto significa que você vai poder promovê-lo no Facebook. Está muito claro que, qualquer produto considerado inseguro ou duvidoso DE ACORDO COM OS CRITÉRIOS DO FACEBOOK não serão permitidos. Se ele considerar que não é seguro para audiência, não vai rolar!

6. Promoverá a venda de tabaco ou acessórios?

A promoção de produtos relacionados ao tabaco, incluindo cigarros, charutos, tabaco para mastigação, narguilés e cigarros eletrônicos, não é permitida.

E aqui, da mesma forma que o item da pergunta 2, não se aplica somente a cigarros e etc, mas sim a qualquer produto ou acessório relacionado.

7. Sua empresa é um site de encontros ou um "localizador de amizades para adultos"?

Anúncios de localizadores de amigos para adultos, sites de encontros casuais ou sites de encontros com ênfase sexual não são permitidos.

Passou ileso por todas as perguntas do filtro? Não responde "Sim" pra nenhuma delas, fez o anúncio e mesmo assim teve seu anúncio REPROVADO? Então vamos lá...

Caso seu anúncio não seja aprovado, você pode editá-lo, ajustando o que for necessário para que ele atenda as políticas de publicidade do Facebook. E para que você saiba Qual o Motivo da reprovação do Anúncio, e o que precisa ser alterado, o Facebook te envia um e-mail com estas informações.

Após realizar as alterações necessárias o seu anúncio vai para etapa de Análise novamente, e se estiver com tudo OK, será aprovado e começará a ser entregue ao público.

Mas eu não recebi o E-mail com o motivo, e agora?

O Facebook sempre enviará o motivo da reprovação através do E-mail. Em alguns casos, ao abrir a edição do anúncio ele poderá exibir uma nota com o motivo, mas não é sempre. Já por e-mail, é a forma PADRÃO de notificação, e que contém mais informações.

Se você não está recebendo as notificações, provavelmente é por que você está com as notificações desativadas no seu Gerenciador de Negócios, ou o e-mail cadastrado para o recebimento das mensagens não seja o seu e-mail padrão.

Para verificar a questão das notificações e e-mail, veja neste vídeo abaixo, à partir do minuto 17 eu mostro o passo a passo ilustrado de como verificar e ajustar tais configurações:



Gostou das dicas? Foi útil pra você? Então se inscreve na minha lista VIP para receber novos conteúdos como este por e-mail. Ah, e se gostou do vídeo, inscreva-se no canal e ative as notificações. Tem vídeo novo toda semana, e sempre conteúdo útil para quem trabalha, ou quer aprender a trabalhar com Tráfego online.

Um Grande Abraço, e até a próxima!


Se você trabalha com anúncios no Facebook ou Instagram provavelmente usa MUITO o Gerenciador de Anúncios (Se não usa, deveria estar usando).

E você sabe que ele as vezes é um pouco complexo. Uma quantidade enorme de funções, opções e informações, que em alguns casos não deixa o teu trabalho do dia-a-dia nada ágil, certo?

Pois é, ao longo dos anos trabalhando diariamente com o nosso querido GA eu fui aprendendo alguns macetes que ajudam muito a agilizar a criação de Campanhas de anúncios e otimizam muito (mas muito mesmo) o meu tempo. E eu vou compartilhar aqui contigo as 5 Principais (tem uma 6ª dica extra no vídeo no final deste post, mas se quiser saber, vai ter que ver o vídeo =D).

1. Clique TRIPLO para editar os nomes de Campanhas, Conjuntos e Anúncios rapidamente.

Sim! A grande maioria dos anunciantes NÃO SABE DISSO! Quando você está na janela de EDIÇÃO de uma Campanha, você pode alterar rapidamente os nomes das Campanhas, Conjuntos e Anúncios, que aparecem no painel à esquerda, simplesmente clicando 3 vezes sobre o nome que deseja alterar. Desta forma a caixa se ativa para edição e você nomear tudo de forma muito mais prática.

Mas um detalhe importante, isto não funciona na tela inicial do Gerenciador de Anúncios. Somente na tela de Edição.

2. Duplicar Campanhas, Conjuntos ou Anúncios usando CTRL+C, CTRL+V.

É verdade. Você pode usar as famosas teclas de atalho CTRL+C, CTRL+V para copiar Campanhas inteiras, ou fazer copias de Conjuntos ou anúncios. Inclusive copiando um Conjunto ou anúncio de uma campanha para outra.

Esta é uma função muito útil mesmo quando se trata de agilizar o seu trabalho no GA.

3. Atalhos do Teclado para funções Rápidas.

A dica de cima já é um exemplo de teclas de atalho. Mas existem outra funções bem úteis no Gerenciador de anúncios que podem ser ativadas através de teclas de atalho. Para encontrar uma lista com todas as teclas de atalho que você pode usar no Gerenciador de Anúncios utilize a engrenagem pequenina que fica no topo à direta da tela inicial do GA.

Mas atenção, tem uma outra engrenagem um pouco maior e mais acima (NÃO É ELA, é a outra menor que fica logo abaixo).


Entre os Atalhos, um dos que eu mais uso é o CTRL+I que exibe um histórico de todas as edições (e por quem) realizadas na Campanha, Conjunto ou Anúncio selecionados. Bem útil quando você trabalha em uma agência ou tem outros parceiros que gerenciam a mesma conta de anúncios.

4. Edição de Campanhas, Conjuntos ou Anúncios em massa.

Essa função eu uso muito por aqui. Pra quem gerencia uma conta de anúncios que roda muitas campanhas ao mesmo tempo é uma "mão na roda".

Você pode selecionar várias Campanhas, Conjuntos ou Anúncios e fazer edições em massa, aplicando a todos os selecionados de uma única vez.

Isto é muito útil, por exemplo, quando você precisa alterar a data de termino dos anúncios, e quer definir uma mesma data para todos eles. Você pode fazer isto no nível de Conjunto de Anúncios (que é onde você defini a programação dos anúncios) você pode selecionar todas as campanhas que deseja alterar a programação, e no botão de seta ao lado do "Editar" você abre um menu que exibe todas as opções de edições em massa que você pode fazer naquele nível, e ali é só escolher "Data de termino" para editar a data de conclusão de todos os conjuntos selecionados de uma vez só.



5. Use as Regras Automatizadas.

As Regras Automatizadas são de grande ajuda quando você gerencia muitas contas, ou muitas campanhas. Através delas você pode definir algumas regras que suas campanhas ou conjuntos precisam cumprir, e a ação que deve ser realizada automaticamente quando a regra for cumprida.

Por exemplo, suponhamos que você tenha uma campanha de CONVERSÃO rodando, realizando a venda de algum produto. Você pode definir uma regra que faça com que, caso o seu custo de conversão fique muito elevado, a Campanha seja desativada automaticamente.

São muitas possibilidades com as regras automatizadas, e se você souber usar de forma inteligente, com certeza vai poder automatizar funções que você hoje precisa fazer manualmente. E isto vai otimizar muito o seu tempo.




Se você quiser ver com mais detalhes como colocar em prática cada um destes macetes, assista o vídeo abaixo, nele eu mostrei de forma mais detalhada como acessar cada uma destas funções e como aplicar isso no seu trabalho.


Quer mais dicas sobre Facebook ADS, ou me fazer perguntas, interagir comigo e conhecer um pouco mais sobre meu trabalho? Me siga no Instagram @james.mitt, lá tá sempre rolando alguns Stories onde eu responde dúvidas da galera e dicas interessantes.

Um grande abraço, e até a próxima =D



Opa tudo bom! Você sabia que existe um erro, muito comum, que pode devorar o Orçamento das suas campanhas em Facebook ADS? Será que você não comete este erro também?

Sim! É um erro tão simples e comum, que a grande maioria dos iniciantes em anúncios, e até mesmo alguns profissionais de ADS cometem, as vezes por pura falta de atenção.

E não tem segredo nenhum! É apenas uma configuraçãozinha muito simples na etapa do Conjunto de Anúncios, na seção de Públicos onde você pode determinar um detalhe importante sobre a LOCALIZAÇÃO das pessoas que você quer atingir no seu anúncio.

Por padrão normalmente esta configuração vem setada com algo como "Pessoas que moram ou estiveram recentemente nesta localização" (Pode haver alguma variação na forma com que isto está escrito de conta para conta).



A questão é que, não sabemos exatamente o que o Facebook considera exatamente como "Recentemente". Pode ser uma semana, um mês, ou um ano!

Então ao manter esta opção ele direcionará seus anúncios não somente para pessoas que moram naquela região, cidade ou estado que você selecionou, e sim para para todas as pessoas que estiveram ali num período que ELE considera "recentemente".

Com isso você acaba gastando uma parte considerável da sua verba de anúncios com pessoas que nem sequer estão na região que você quer atingir.

Sim, isto pode fazer sentido para alguns negócios ou estratégias específicas, mas lembre-se de considerar muito bem se está de acordo com a SUA ESTRATÉGIA, combinado?

Então da próxima vez que for fazer o seu anúncio, presta atenção nesta etapa para não errar e gastar seu orçamento de forma errada.



Se você preferir, pode ver os detalhes no vídeo abaixo, onde compartilhei minha tela.

Um grande abraço, e até a próxima! =D



O algoritmo do Facebook (News Feed) é um código responsável por decidir qual conteúdo vai ser entregue para quem dentro do Facebook. É como se fosse um grande filtro que controla o que aparece na tela (Feed) de cada usuário, baseando-se nos interesses de cada um.

Mas espera um pouco aí? O que é News Feed (ou Feed de notícias) afinal de contas?
Segundo o Facebook: “O News Feed é um fluxo constantemente renovado com atualizações de status, fotos, vídeos, links, atividades de aplicativos e curtidas de pessoas, Páginas e grupos que você segue no Facebook.” – Simplificando: O News Feed é aquela região central do Facebook, onde aparecem todas as publicações e atividades dos seus amigos, parentes e páginas que você curte.

Agora, imagine que você abre o Facebook e começam a aparecer todas as publicações de todos os seus amigos, parentes e páginas que você curte, além de todas as notificações de conteúdos que seus amigos e parentes curtiram ou comentaram, tudo de uma só vez. Seria uma quantidade tão grande de informação, com tanta coisa que não tem o menor interesse para você, que provavelmente você fecharia a página alguns segundos depois.

E é exatamente para que isso não aconteça e para que você receba somente os conteúdos que são mais relevantes para você, que o algoritmo do News Feed foi criado: Basicamente para selecionar o conteúdo mais interessante para cada uma das pessoas presentes na rede.

Nas palavras do próprio Facebook: “O objetivo do News Feed é apresentar o conteúdo certo para a pessoa certa, no momento certo, para que ela não perca as histórias que mais interessam.”

Agora que você já sabe o que é News Feed, da existência do algoritmo e para que ele serve, é de extrema importância que você tenha pelo menos um pouco de noção de como ele funciona, para obter bons resultados com a FanPage do seu negócio.

COMO O FACEBOOK DISTRIBUI AS PUBLICAÇÕES?

Você já sabe que o algoritmo do News Feed é o responsável por selecionar e distribuir todo o conteúdo publicado no Facebook, mas a grande sacada mesmo é entender como ele faz isso, só assim você vai saber como tirar o melhor proveito disso usando ele a seu favor obtendo os melhores resultados para o seu negócio através do Facebook.

Eu não vou me aprofundar muito em termos técnicos aqui, pois não é o meu objetivo. O que eu quero é que você entenda a essência principal de como o algoritmo funciona e a partir disto possa decidir as melhores estratégias a serem aplicadas na FanPage do seu negócio, OK!

O objetivo do algoritmo é entregar às pessoas as histórias e conteúdos sobre os assuntos que elas mais se interessam. Mas como é que ele sabe o que é mais interessante pra mim? Simples, coletando informações sobre tudo aquilo que você faz dentro da plataforma. Isto inclui os posts que você curte, os comentários que você faz, o conteúdo que você compartilha, as páginas que você segue, os links que você clica e acredite se quiser, até mesmo quando você passa por uma publicação no feed, e rola para traz para vê-la novamente.

Isso tudo é feito através de uma infinidade de informações e cálculos complexos, mas eu vou listar aqui os principais pontos que afetam a seleção do conteúdo à ser distribuído.

1. Inventário: É todo o conteúdo que seus amigos, familiares e páginas que você curtiu publicaram e que você ainda não viu. Ou seja, é tudo aquilo que ainda está disponível para você consumir no seu Feed, como se fosse um grande estoque de conteúdo destinado à você.

2. Sinais: São as informações sobre você coletadas pelo algoritmo que ajudam ele a decidir o que vai ser mostrado. Por exemplo, quem fez o post, qual horário foi realizado, qual a velocidade da sua internet naquele momento e até mesmo em qual tipo de dispositivo você está navegando no Facebook (Desktop ou Smartphone).

3. Previsões: Nesta etapa o algoritmo faz a combinação do Inventário com os Sinais para tentar prever qual conteúdo é mais interessante pra você naquele momento. Por exemplo, quais as chances de você comentar, compartilhar um determinado post, ou assistir um vídeo até o final naquele momento.

4. Pontuação de Relevância: Os dados gerados na etapa das Previsões são reunidos e formam uma pontuação de relevância que é dada a cada um dos conteúdos que estão no seu Inventário. Esta pontuação representa o quanto o algoritmo acha que você está interessado em um determinado post que está disponível para você.

Portanto, todos os posts do seu inventário (ou seja, tudo aquilo que está na fila para ser exibido pra você) são ordenados de acordo com a pontuação de relevância que eles receberam. Os posts com pontuação mais alta são entregues antes pra você, e aqueles que recebem uma pontuação menor são entregues depois. E dependendo da pontuação e do tempo decorrido desde que o post foi feito, talvez ele nunca chegue a ser exibido pra você.

Todo este processo acontece de forma individual para cada usuário. Cada Feed é personalizado e único.

Você já deve ter percebido que em determinado momento você curtiu alguma página que alguém mandou o convite pra você. Porém você nunca clicou em nenhum link que esta página publicou, nem curtiu, comentou ou compartilhou o conteúdo dela. Depois de algum tempo, as publicações dela simplesmente desapareceram do seu Feed como se a página não existisse mais.

Isso acontece por que o algoritmo do News Feed entendeu que o conteúdo que aquela página, ou pessoa está publicando não é interessante pra você, já que você não deu sinais de que estava gostando do conteúdo (curtindo, compartilhando e comentando), e passou a dar uma pontuação de relevância muito baixa para os posts publicados por ela. E todo o conteúdo que você demonstra interesse interagindo de alguma forma com ele passa a ter uma pontuação de relevância mais alta e ter preferência na exibição dentro do seu Feed.

ATUALIZAÇÕES DO FEED EM JANEIRO DE 2018

Em Janeiro de 2018 Mark Zuckerberg anunciou novas atualizações importantes na forma como o algoritmo do News Feed funciona. A primeira mudança é a mais importante delas no que se trata da utilização do Facebook para negócios e impacta principalmente as Páginas e todo o conteúdo “Comercial e Promocional” que é publicado no Facebook.

Segundo Zuckerberg, as pessoas estavam reclamando da quantidade de conteúdo de publicidade (publicações de empresas, marcas e meios de comunicação) que estava sendo exibidos em seus feed’s, pois isto estava tomando o lugar dos momentos pessoais, concluindo então que isto estava distanciando o Facebook da coisa mais importante, que é nos ajudar a conectarmos uns aos outros.

E é claro que, antes que as pessoas começassem a deixar o Facebook por não estarem gostando do conteúdo exibido, a grande rede tomou suas atitudes e começou a fazer mudanças. Afinal de contas, de que adianta ter uma plataforma incrível para anunciar, se não existem pessoas nela para verem seus anúncios?

Então, à partir de Janeiro de 2018 o News Feed adicionou mais um fator para a distribuição do conteúdo, que é priorizar conteúdo de amigos e familiares. Portanto as publicações de empresas, marcas e mídia passaram a serem exibidos mais abaixo no Feed dos usuários. E mais importante a se saber é que o conteúdo de páginas que ainda é exibido é aquele que incentiva interações autênticas e significativas entre as pessoas.

COMO ISTO FUNCIONA PARA MINHA FANPAGE?

Na prática, quanto menos interessante for o seu conteúdo para o seu público, menos as pessoas vão interagir com ele (curtir, comentar, compartilhar, etc.), menor a pontuação de relevância das suas publicações e menor é a entrega do seu conteúdo para seus fãs e seguidores. Simples assim!

E com a atualização de Janeiro de 2018, se o conteúdo que você publica na sua página não for interessante o suficiente para fazer com que as pessoas iniciem conversas autênticas nos comentários, o seu conteúdo passará a ter ainda menos relevância, e menor ainda serão as chances dele aparecer no feed de forma orgânica.

Pra você entender melhor a importância disto que eu estou dizendo: Quando você faz uma publicação na sua FanPage o Facebook entrega para um número X de pessoas. Se estas pessoas que receberam a publicação não interagirem com o conteúdo curtindo, clicando, compartilhando ou comentando, o Facebook fará uma nova entrega da publicação para um número menor de pessoas. Se estas novas pessoas também não reagirem ele vai diminuindo gradativamente até não entregar para mais ninguém.

Porém, se uma boa porcentagem das pessoas que receberam a publicação inicialmente reagir ao conteúdo, o Facebook aumenta a quantidade de pessoas que recebe a publicação na segunda entrega e assim o alcance aumenta sucessivamente conforme as interações com a publicação vão aumentando.

Estima-se que este processo todo leva em média três horas para cada publicação. Por isso é de extrema importância que o seu conteúdo seja interessante o suficiente para fazer com que o seu público reaja a ele logo nas primeiras horas após a publicação.

A esta altura você já deve ter entendido por que se fala tanto em gerar engajamento quando se trata de estratégias de marketing para Facebook não é mesmo? Quanto mais engajamento, melhor é a sua pontuação de relevância no algoritmo e mais pessoas o seu conteúdo alcança! Resumindo: Quanto mais interessante o seu conteúdo, mais pessoas veem ele!

E é por isso que eu volto a reforçar: Se você não sabe com quem está falando, como você pretende criar publicações que sejam interessantes para as pessoas? E se as publicações não forem interessante para as pessoas, elas não vão interagir com o conteúdo e seu conteúdo vai deixar de ser entregue. Se o conteúdo não for bom, ninguém vai ver!

Se você está publicando só ofertas de produtos e conteúdo de venda na sua página, as chances são de que as pessoas não estão interagindo com este conteúdo e a pontuação de relevância das suas publicações e da sua página está péssima, fazendo com que seu conteúdo alcance muito poucas pessoas, ou ninguém!

E vale neste ponto fazer uma observação: A cada nova atualização no algoritmo do News Feed, que muitas vezes acaba por “derrubar” o alcance das publicações no Facebook eu vejo muitas pessoas e até profissionais de Mídia Social reclamando por todo lado:

“O alcance do Facebook não para de cair...”;
“O alcance orgânico morreu...”;
“O Facebook só entrega as publicações se pagar...”;
“Se continuar assim o Facebook vai acabar...”

Quer saber o que eu acho? Alcance orgânico não é direito, é privilégio! Você tem de conquistar, através de boas estratégias e ações. As pessoas não são obrigadas a gostar do que você publica na sua página e exatamente por isso o Facebook não é obrigado a entregar um conteúdo que as pessoas não gostam de ver (isso sim acabaria com o Facebook). Ninguém é obrigado a gostar de você, curtir sua página, comprar seus produtos ou serviços. Isso se conquista!

Descubra o que o seu público gosta, o que desperta sua atenção. Busque conhecimento, aprenda como usar a mídia à seu favor, pesquise. Aprenda a conquistar a atenção das pessoas e sim, o seu alcance vai aumentar e você vai ter bons resultados.

logo

Gestor de Tráfego com foco em Facebook/Instagram ADS. Viciado em Aprender e Compartilhar conteúdo. Apaixonado por Design de Marcas, Marketing digital e Mídias Sociais.

O conteúdo apresentado neste site não representa nenhum tipo de parceria ou vínculo com o Facebook, Instagram, Whatsapp ou qualquer um de seus produtos e aplicativos. Também não são uma promessa ou garantia de ganhos ou resultados futuros.

Eu, James William, não garanto o seu sucesso ou nível de renda, através do uso de meus produtos, informações, estratégias ou recomendações, nem sou responsável ​​por quaisquer de suas ações.